Pequeno Comentário Sobre Oráculos

As artes divinatórias são amplamente usadas desde os primórdios da humanidade. Seja com paus, pedras, entranhas de animais ou tiragens de tarot online, é fato que são instrumentos fantásticos de autoconhecimento e que sempre nos acompanharam. E existem inúmeros oráculos por aí, como falarei um pouco adiante.

Divination

Tarot, Baralho Cigano, e afins: Os baralhos são os mais conhecidos oráculos atualmente, e há cartomantes (sérios ou charlatões) aos montes. Consistem em cartas com seus respectivos significados, em tiragens que podem ser simples (como tirar 1 carta ou 3, para passado/presente/futuro) ou elaboradas (como a cruz celta, árvore da vida, etc). O significado de uma mesma carta pode ser interpretado diferente de autor para autor, assim como de pessoa para pessoa. Em alguns tarôs, arcanos menores como 6 de paus são semelhantes a um baralho comum enquanto no Rider-Waite,  e muitos outros, ambos os arcanos são ilustrados.

Runas: Alfabeto e escrita mágica, que também é usado como oráculo e é intrinsecamente ligado ao paganismo germânico, sendo para mim de suma importância estudar os mitos por trás de cada runas. Geralmente esculpido em “fatias” de galhos ou pedras, podendo ser usado em leituras simples ou elaboradas, assim como o tarot, ou jogando as runas em um pano, como búzios, interpretando quais estão viradas pra cima, onde caíram, quais estão juntas e quais estão separadas.

Iching: O livro das mutações. Oráculo que considero intrinsecamente ligado à filosofia chinesa. Originalmente a consulta era feita por meio de 50 varetas, mas atualmente é mais popular o uso de três moedas (chinesas ou de centavos mesmo). Considero esse um oráculo extremamente filosófico, que não dará uma resposta rápida para sua questão, e sim, fará você refletir muito. Há passagens, por exemplo, que dizem: “Homens ligados por um sentido de comunidade primeiro choram e se lamentam, mas depois riem.” ou até mesmo “Dragão aparecendo no campo. É favorável procurar o grande homem.”

Falei com destaque destes 3 oráculos, por serem com eles que possuo maior experiência, e que mais uso. Há ainda a cafeomancia (leitura das borras de café), a geomancia (leitura de um código binário que forma figuras, aleatoriamente riscado na terra ou areia), quiromancia (linhas da mão, montes, e a mão como um todo), búzios, bola de cristal e muitos e muitos outros. O mundo a nossa volta é um grande oráculo: pense profunda e sinceramente sobre uma pergunta. Ao dirigir, os semáforos estão sempre abertos? Fecham justamente quando é sua vez de passar? Que figuras as nuvens mostram? O canto dos pássaros parece alegre ou preocupado? O que diz a letra de uma música que acaba de começar a tocar no rádio  assim que formulou sua “pergunta”? Já sabe a resposta?

Para quem está disposto a ouvir, o mundo tem muito o que contar.

Para quem está disposto a sentir, o mundo tem muito o que expressar.

Para quem está disposto a ver, o mundo tem muito o que mostrar.

02cb9f0a0562a90ffcdc9a0f6609f176

 

Anúncios

Um comentário sobre “Pequeno Comentário Sobre Oráculos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s